Fotografia

Membro destacado: Alfredo Machado


Nota do editor:

Embora ele não se dedique como fotógrafo de viagens, as imagens de Alfredo dão uma sensação de lugar crucial para compartilhar partes do mundo com aqueles que nunca estiveram lá. Além disso, seu portfólio abrange tudo, desde vida selvagem a retratos e composições digitais. Vale a pena gastar tempo olhando para todos. -J

Alfredo Machado: fotografia

Quem é você e onde você mora?

Meu nome é Alfredo Machado. Nasci em Caracas, Venezuela, mas vivi a maior parte da minha vida adulta nos Estados Unidos e em Porto Rico. Atualmente moro em Humacao, Porto Rico, na costa leste da ilha. Tenho família no Reino Unido e no País de Gales e viajo para lá com frequência. Eu trabalho em finanças comerciais.

Como (e quando) você começou na fotografia? Em resumo, conte-nos a história de sua jornada fotográfica.

18281718

Meu interesse pela fotografia começou quando eu tinha 10 anos e meus pais me deram uma câmera Brownie no final dos anos 50. Ao longo dos anos, meu interesse continuou e eu sempre tinha uma câmera à mão, gravando slides e imprimindo filmes de tudo que chamou minha atenção. Minha paixão pela fotografia realmente decolou com o advento da digital e da minha primeira câmera digital, uma Nikon D100, que me permitiu fotografar o conteúdo do meu coração sem me preocupar com os custos de processamento. Ao mesmo tempo, tomei consciência dos tópicos que achei mais interessantes e tentei restringir meu foco. Eu costumo ser muito visual, e filmarei qualquer coisa que me pareça tocante ou interessante, sem muito pensamento, e muitas vezes com resultados duvidosos! Ultimamente, aprendi a pensar em fotografar antes de pressionar o botão do obturador. Se eu tivesse que escolher um tema favorito, provavelmente seriam paisagens ou qualquer coisa com atraentes relações espaciais, texturas, contrastes e cores que me comovessem, independentemente do tema específico, daí o meu portfólio variado.

Quem (ou o que) foram suas principais influências e inspirações fotográficas?

Os muitos fotógrafos talentosos que postam no Photo.net são uma importante fonte de inspiração e um desafio para continuar melhorando meu trabalho. Apenas para citar alguns que ajudaram a inspirar e influenciar meu trabalho; sem ser exaustivo e sem ordem específica: Tony Hadley, Jack McRitchie, Vlad Khodsky, Alf Baily, John Peri e Gail Harmer.

O seu portfólio Photo.net está cheio de tudo, desde paisagens a retratos.
à vida selvagem. Como você decide o que fotografar? Você trabalha em um?
assunto e depois mudar para outro? O que indica que é hora de seguir em frente.

18281714

Não tomo uma decisão consciente sobre o que vou fotografar. Normalmente, e certamente quando viajo, carrego uma câmera e fotografo tudo o que suspeito que possa levar a uma imagem que gera uma resposta emocional, independentemente do conteúdo ou assunto. Eu poderia dizer que meu trabalho é dirigido por sentimentos e emoções, não por um plano diretor objetivo.

Explique como você vê seu trabalho e o que o atrai a tirar a fotografia que tira.

De fato, meu portfólio é muito variado e simplesmente uma expressão do que alimentou minha necessidade de criar a qualquer momento. Muitas vezes, em retrospectiva, uma imagem que eu achei atraente no passado não é mais no presente.

Você já trabalhou como fotógrafo profissional? Se “não”, por que não? É algo que você gostaria de fazer? Se sim, você gostaria de poder fazer mais desse trabalho? O que contribui ou tira a sua fotografia?

Não, não trabalhei profissionalmente. Não me considero talentoso o suficiente para ser um fotógrafo profissional de sucesso, nem tenho tempo para fazê-lo. No entanto, certamente seria gratificante se meu trabalho fosse considerado digno o suficiente para exigir um preço.

O que você mais gosta em fotografia?

18281724

Como pintor ocasional (e frustrado), gosto de criar uma imagem única e original e uma expressão do que vejo e, talvez o mais importante, sinto. Tenho um desejo constante de criar, em grande parte para me agradar. A câmera e o software de pós-processamento são ferramentas maravilhosas para isso. No entanto, são apenas ferramentas: a inspiração deve estar lá.

Qual foi a técnica fotográfica mais recente que você aprendeu ou dominou? E qual é a próxima técnica fotográfica que você gostaria de aprender?

Acredito no pós-processamento e vejo isso como uma parte muito importante do meu fluxo de trabalho. Por um tempo eu tenho brincado com HDR, que, quando executado corretamente, pode transformar magicamente uma imagem desinteressante em uma agradável. Gostaria de aprender mais sobre retratos e como capturar expressões humanas e sentimentos transmitidos, bem como a essência da humanidade.

Qual foi o equipamento fotográfico mais útil que você comprou? Qual é o próximo equipamento que você deseja adquirir?

Adoro fotografar em grande escala e criar imagens com uma sensação tridimensional e fundos atraentes. A Nikon 58mm 1.4 que adicionei recentemente à minha coleção de lentes me surpreende como uma ferramenta criativa para esse fim. Se o seu orçamento permitir, uma f2 de 200 mm está no topo da minha lista.

O que há na bolsa de sua câmera em um dia típico?

Depende de quais tópicos eu acho que me interessarão, embora eu esteja geralmente errado! Sendo um viciado em equipe, costumo pensar muito sobre o que levar. Quando viajo, geralmente acabo com um D810, o 14-24, o meu favorito 58-1.4 a 70-200 ou 300-4, filtros de polarização e densidade neutra e um pequeno tripé Gitzo.

18281706

Qual é o seu procedimento típico de download / armazenamento / classificação / processamento? Onde você armazena / faz backup de suas imagens? Quais programas você usa para processamento adicional?

As imagens são baixadas para um Mac e classificadas; os melhores são armazenados em um HD Raid separado e também são salvos em backup no Dropbox em formato simples. Uso o Lightroom para editar e catalogar, bem como o Photoshop ocasionalmente. Também sou fã do Silver Efex Pro2 e HDR Efex Pro2.

Que conselho ou incentivo você tem para alguém que acabou de iniciar sua jornada fotográfica?

Aprenda o básico da fotografia e fotografe, fotografe, fotografe. Não se preocupe muito com o equipamento, é apenas uma ferramenta. Aproveite recursos como o Photo.net e não se leve a sério, apaixone-se por sua profissão e entenda que não há imagem “perfeita”.

Uma imagem favorita …

Esta é uma das minhas imagens favoritas. Enquanto passeava no domingo à tarde em Praga, me deparei com essa cena lindamente iluminada, cheia de cores e talvez significado, deixada para o espectador interpretar. Eu estava no lugar certo na hora certa e com uma câmera! Totalmente não planejado, do nada, como a maior parte do meu trabalho.

Nikon D3, 24-70 2.8. Processado no Lightroom, HDR por Photomatix Pro.

-Alfredo

Ligações

  • Photo.net de Alfredo “página de membro”
  • Galeria Alfredo Photo.net
  • Site pessoal: http://alfredo-machado.artistwebsites.com/



Source link

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar